notícias / Agronegócio

Boi gordo: 'Virada do mês e retomada do comércio em SP pode sustentar mercado'

Viola Show 29/06/2020 09h59

Boi gordo: 'Virada do mês e retomada do comércio em SP pode sustentar mercado'

No mercado de boi gordo fechou a semana passada com cotações seguem firmes. De acordo com a consultoria Agrifatto, as pastagens continuam dando suporte de matéria-verde, o que permite ao produtor manter seus animais no pasto.

"Neste cenário, os frigoríficos trabalham com escalas curtas, demonstrando dificuldade em originar matéria-prima. Na última sexta-feira, 26, as programações de abate nas praças paulistas encerraram o dia com quatro dias úteis".

No atacado de carne bovina, os preços reagiram após uma semana de impasse entre os players do mercado. Os estoques pequenos e baixa disponibilidade de produtos aqueceram as cotações, que encerraram a semana em R$ 14,10 por quilo, alta de R$ 0,30.

"Além disso, a proximidade com o próximo mês pode dar sustentação. De fundo entra também a expectativa de retomada das atividades de bares e restaurantes em São Paulo a partir do dia 6 de julho", diz a empresa.