notícias / Esportes

Mato Grosso do Sul tornou-se palco para o cavalo Paint

Viola Show I Fonte: Cavalus 11/06/2019 14h09

Mato Grosso do Sul tornou-se palco para o cavalo Paint

Mato Grosso do Sul tornou-se palco para o cavalo Paint

Com recorde de inscrições, evento da raça Paint Horse chamou a atenção de participantes e público presente com estrutura de ponta e organização. Campo Grande/MS foi quem abriu as portas para o encerramento das atividades de 2018 realizadas pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Paint, que tiveram início em Avaré, interior de São Paulo, em novembro do ano passado.

O 19º Campeonato Nacional e 15º Potro do Futuro da Raça Paint Horse foram realizados no domingo, dia 9 de junho, no Parque do Peão - CLC (Circuito de Laço Comprido) da cidade. O evento bateu recorde de inscrições tendo como base os nacionais da raça já realizados. Além da grande quantidade de inscritos para o campeonato, o destaque foi para o público, que marcou presença.

Há também que se destacar a estrutura e a organização como pontos positivos. Esse foi o primeiro Nacional e Potro do Futuro de Laço Comprido realizado fora do estado de São Paulo. De acordo com o vice-presidente da ABCPaint, Marcelo Iguma, o sucesso do evento refletiu o trabalho que vem sendo realizado no Mato Grosso Sul há mais de 20 anos.

Foto: Arthur Machado/Jequitibá Comunicação


"Desde o início da Raça os criadores do estado entenderam a importância dos cruzamentos corretos e de ter Paints específicos para a modalidade. A força e a união dos criadores do MS foram fundamentais para o sucesso do evento", afirmou Iguma.

A presença da ABCPaint em Campo Grande trouxe além de reconhecimento para a raça, vários interessados no esporte destacando durante a oportunidade, as provas da Associação realizadas durante o 'Brasileirão de Laço Comprido', com mais de 2000 inscrições. Abeldes Silva Rocha Junior, conhecido como Pitiço é um dos proprietários do Circuito de Laço Comprido (CLC), e segundo ele, além da Paint ser uma das primeiras parcerias realizadas junto à CLC e essa histórica marca um desenvolvimento que traz o diferencial principalmente para criadores.

"Eu posso dizer que os criadores sul-mato-grossense abraçaram o cavalo Paint Horse e investem corretamente. Realizar o Nacional e Potro do Futuro de Laço Comprido aqui foi uma honra para nós e agradecemos a presença da entidade. Eu costumo dizer que quando a Associação se faz presente o competidor vem, pois é uma mostra de credibilidade para o evento", conclui.

Lucas Leiva, jogador da Lazio e criador de Paint Horse (direita), prestigiou o evento, a lado de Marcelo Iguma (centro). Foto: Arthur Machado/Jequitibá Comunicação 


O jogador de futebol da Lazio, Itália, Lucas Leiva, esteve no CLC. Lucas começou a criar já há alguns anos e desde então investe principalmente em genética para o Laço Comprido. "Meu irmão é quem na verdade cuida do dia a dia da criação. Estamos felizes com essa retomada da Raça Paint e fiquei contente em saber que neste primeiro Nacional realizado aqui no CLC, já contamos com quase 90 inscrições", destaca.

O Paint Horse chama a atenção pela sua beleza de imediato e como a raça vem mostrando cada vez mais agilidade e versatilidade nas pistas, os interessados em investir no cavalo paint aumentam. A criação da raça e o interesse do público principalmente; em esporte é uma constante positiva que agrega estruturas de qualidade, premiações atrativas e inovações que trazem o diferencial para cada evento.