notícias / Esportes

Atual campeão da PBR, Kaique Pacheco está fora das competições

Viola Show I Fonte: Cavalus 28/06/2019 09h55

Atual campeão da PBR, Kaique Pacheco está fora das competições

Atual campeão da PBR, Kaique Pacheco está fora das competições

Brasileiro, atual campeão mundial da PBR, Kaique Pacheco, vai precisar passar por cirurgia. Desde que voltou a competir, no começo do ano, vem buscando o seu melhor para permanecer positivo durante uma tumultuada temporada. O objetivo de conquistar o segundo título mundial consecutivo atingiu outra grande dificuldade esta semana.

O jovem de 24 anos foi submetido à cirurgia de reconstrução do cotovelo esquerdo (braço livre) após ter sido ferido em 14 de junho, no rodeio de Americana, etapa da PBR Brasil. De acordo com o Dr. Tandy Freeman, médico da PBR, Kaique teve extensas lesões ligamentares e musculares. A operação foi feita na quarta-feira, pelo Dr. John Conway, em Dallas, Estados Unidos.

A má notícia é: seu tempo para retornar às competições é indeterminado neste momento. Um dos grandes ídolos mundiais do esporte montaria em touros não queria especular sobre quanto tempo estaria apto para voltar. Mas disse que entende que sua recuperação pode levar alguns meses, com base na gravidade da lesão. Como um bom atleta, está comprometido com um processo de fisioterapia.

"Está sendo muito difícil para mim este ano, mas Deus sabe o que planejou para mim. E eu farei o meu melhor para voltar o mais rápido possível", disse Kaique. A final mundial da PBR acontece de 6 a 10 de novembro, em Las Vegas, na T-Mobile Arena.

Ele deslocou o cotovelo após uma montaria de 78,5 pontos em Tucumã, no Brasil. "Consegui permanecer no meu touro, mas na hora que eu tive que descer, caí em cima do meu braço livre. Desloquei meu cotovelo de forma séria, resultando em uma lesão. Uma ressonância magnética mostrou que meus ligamentos e músculos estavam rasgados e que eu precisava de cirurgia".

Rookie of the Year em 2015, Kaique tem sido um concorrente constante ao título mundial a cada ano de sua carreira desde sua estréia até esta temporada. Em 2018, finalmente chegou a colocar a mão na taça, e no prêmio milionário. Seu primeiro título mundial chegou com ele machucado, uma lesão nos ligamentos cruzados do joelho esquerdo. Montou a final mundial no sacrifício, já que se machucou quatro dias antes.

Contra todas as probabilidades, ele parou em dois touros, nos dois primeiros rounds da final mundial, suficientes para lhe dar o título mundial. Na época, não precisou de cirurgia, usando dezembro e janeiro para fazer fisioterapia e se recuperar. 2019 é sua quinta temporada como profissional nos Estados Unidos.

Seu retorno foi em 9 de fevereiro, durante a PBR Global Cup 2019. Ajudou a equipe do Brasil a conquistar a vitória ao parar em 83,5 pontos no Taco Cat. No entanto, Kaique não conseguiu recuperar completamente sua performance ao longo dos meses. A estréia na divisão principal da PBR foi na semana seguinte à Copa do Mundo, em St. Louis. De lá para cá, tem apenas nove montarias válidas em 29 touros montados.

O que representa 31,03% de aproveitamento nessa temporada da Unleash The Beast, deixando o brasileiro classificado na posição 60 do ranking mundial. Claro, que esse tipo de acontecimento é inerente ao esporte, todos os estão sujeitos. E nada apaga o que ele já fez nesses cinco anos. Incluindo a dramática conquista do título mundial ano passado.

"Machuquei meu joelho antes da final e mesmo com isso me tornei um campeão mundial. Comecei 2019 praticamente dois meses depois de todo mundo e não me saí bem nos meus primeiros eventos. Acabei me machucando novamente. Mas, sou sempre grato pelo apoio da minha namorada, minha família e meus amigos, que estão sempre ao meu lado, me ajudando em toda a minha carreira."