notícias / Esportes

Chase Outlaw sobe para terceiro no ranking mundial da PBR

Viola Show I Fonte: Cavalus 04/07/2019 09h57

Chase Outlaw sobe para terceiro no ranking mundial da PBR

Chase Outlaw sobe para terceiro no ranking mundial da PBR

A decisão de tirar férias na parada da divisão principal da PBR que acontece de junho a agosto, todos os anos, pode custar algumas posições no ranking mundial. É o que está acontecendo com João Ricardo Vieira, que voou para o Brasil. Ele já foi líder do campeonato, estava em segundo e agora é o quarto.

Isso porque José Vitor Leme, brasileiro líder da temporada no momento, Jess Lockwood, atual segundo colocado, e Chase Outlaw (foto) continuam participando de etapas que estão sendo realizadas e pontuando. Outlaw, inclusive, chegou a terceira posição do mundial após vencer uma etapa da PBR Canadá. Competindo no país vizinho pela terceira vez esse ano, o norte americano, de Hamburg, Arkansas, esteve no Coulee Creek Farms, em Cluny, Alberta.

Ele teve duas paradas em dois touros e somou para o ranking US$ 3.867,50 e ainda 320 pontos na classificação geral da PBR Canadá e mais 60 pontos para o ranking mundial. Marcou 84,50 pontos em Pretty In Prison e 88 pontos em Throwin' Shade. Ele é o décimo do ranking no Canadá e ultrapassou o brasileiro João Ricardo Oliveira no ranking mundial. A vitória foi a sexta dele na temporada, se contar todos os níveis de competição pela PBR.

São 359,16 pontos que separam Outlaw de José Vitor. O topo da tabela segue apertado. Só para lembrar, o título mundial do ano passado foi decidido por pouco mais de 400 pontos. Lockwood, campeão mundial de 2017 pela PBR, em busca do seu segundo título, também vem pontuando nas últimas semanas. Voltou a montar após uma lesão no ombro e agora está de volta a uma posição mais confortável, 349 pontos o separam do líder do campeonato.

José Vitor Leme também segue nos Estados Unidos. Ele continua na ativa pelas etapas da terceira divisão da PBR, assegurando para que quando a Unleash The Beast voltar, ele ainda esteja no topo. Soma hoje 3502 pontos. Uma 'prova de fogo' para todos os que desejam ser campeão mundial está marcada para o final de julho, o Last Cowboy Standing. É possível somar até 1250 pontos por ser uma etapa PBR Major e ganhar até US$ 100.000,00.

Até os dias 22 e 23 de julho, em Cheyenne, Wyoming, oito etapas da Touring Pro estão programadas. O Last Cowboy Standing, no tradicional e cobiçado Cheyenne Frontier Days,  pode mudar drasticamente a classificação do mundial. Evento progressivo de eliminação, como nas temporadas anteriores, a partir de Cheyenne, para avançar, o atleta deve ter uma boa soma de notas. Serão 40 bullriders na primeira rodada. Os 20 melhores passam de fase. Entre eles, com a soma das notas obtidas, oito chegarão à fase da mata-mata.

Nos confrontos diretos, quem obtiver a maior nota - ou permanecer maior tempo em cima do touro, caso não complete os oito segundos -, passará para a quarta rodada. Novo chaveamento será feito, com os dois embates. Caso apenas um atleta pare, ele já será declarado campeão. Se tivermos um vencedor em cada batalha com nota válida, eles seguem para o quinto round. Um contra o outro, para decidir quem será o melhor da etapa.