notícias / Esportes

Cooper Davis vence em Greensboro pela PBR

Viola Show I Fonte: Luciana Omena 15/10/2019 08h43

Cooper Davis vence em Greensboro pela PBR

Cooper Davis vence em Greensboro pela PBR

Faltando apenas mais uma etapa para o final da temporada regular da PBR 2019, Cooper Davis deixou a disputa, que já está bastante acirrada, ainda mais emocionante. Ele foi campeão do rodeio em Greensboro, Carolina do Norte, com 100% de aproveitamento. O campeão mundial da PBR em 2016, que é de Jasper, Texas, parou nos três bois que montou e levou ao ranking 590 importantes pontos.

Valendo pela Unleash The Beast, dentro do Greensboro Coliseum, os melhores da classificação geral enfrentaram os melhores touros em busca dos prêmios e de pontos no ranking. Cooper Davis começou a etapa já marcando a melhor da noite de abertura, 88 pontos em Newsom. Depois, fez 86,75 pontos em Calico Kickin. Classificado para a rodada final escolheu Chiseled e não decepcionou. Foram nada menos que 92,75 pontos para selar a vitória.

Essa nota, a quarta maior do ano, também foi a quarta vez nessa temporada que Davis marcou na casa dos 90 pontos. Além dos pontos importantes ele ganhou um cheque de US$ 38.430,00. Continua como o quinto melhor do mundo, mas ganhou terreno significativo ao diminuir um pouco sua distância para os ponteiros. O brasileiro José Vitor Leme lidera o ranking mundial, e a distância para Davis que era de 3.179,16 agora é de 2.639,16.

Jess Lockwood e Heartbreak KidMundial e a boa etapa de Lockwood


José Vitor teve apenas uma parada em Greenboro, terminado em décimo lugar e somando 50 pontos. Para lembrar, historicamente qualquer piloto que tenha uma diferença para o líder de dois mil pontos é um candidato legítimo ao título mundial. No entanto, 3.300 pontos estarão disponíveis nos cinco dias de competição da final mundial que acontece no começo de novembro.

O segundo colocado no ranking geral, adversário mais direto do brasileiro na disputa, Jess  Lockwod foi o segundo colocado nesse rodeio. Para ele, foi uma ótima classificação, pois também se aproximou mais em pontos do líder. De Volborg, Montana, o jovem competidor, campeão mundial da PBR em 2017, ao parar em Red Solo Cup, 87 pontos, e Honky Tonk Flame, por 81,75 pontos, ficou em boa posição para a escolha do seu touro na última rodada.

Lockwood tomou uma decisão que se mostraria, mais tarde naquela noite, digna de um lugar nos livros de registro da PBR. Selecionando o Heartbreak Kid, o bullrider de 22 anos não só quebrou a invencibilidade do touro como marcou o recorde de nota da temporada, 93,75 pontos. Foi sua nona nota na casa dos 90 pontos, sua 12ª vitória em rounds esse ano. Levou 400 pontos e US$ 20.350,00.

Daylon Swearingen


A distância para José Vitor que era de 671,66 agora é de 321,66. Nada estará definido, realmente, até a última montaria do campeonato. Mason Taylor, que busca o título de Rookie Of The Year, foi o terceiro colocado em Greensboro, deixado em quarto o brasileiro Lucas Divino. Além do segundo lugar no ranking de Rookie, Taylor também subiu para 11° na classificação geral.

Mais brasileiros

Lucas Divino também busca o título de Rookie e vem tendo ótimas chances de somar pontos nas últimas semanas, que não está desperdiçando. Assim como Daylon Swearingen, o quinto colocado na etapa. Lucas não parou na primeira rodada, mas se recuperou e marcou 86,25 pontos em Godzilla e 88 pontos em Millennium's Buck. No mundial, Lucas agora é o 16° colocado e Swearingen, 12°.

Pontuaram também Ramon de Lima (6°), Claudio Montanha Jr (8°), Eduardo Aparecido (11°) e Alan de Souza (12°). Rubens Barbosa teve uma parada, mas não pontuou. O campeonato mundial na divisão principal segue para Nampa, Idaho, no Ford Idaho Center, dias 18 e 19 de outubro. O calendário tem apenas mais uma etapa da Velocity Tour e depois as finais dessa divisão e da Unleash The Beast.