notícias / Esportes

Iron Cowboy e PBR Majors devem permanecer cruciais no novo sistema de pontos

Viola Show 10/02/2020 09h10

Iron Cowboy e PBR Majors devem permanecer cruciais no novo sistema de pontos

O ano de 2020 pode ser o começo de uma nova década e 27ª temporada da história da PBR está caracteriza por um novo sistema de pontos. Porém, tem uma coisa que não deve mudar: para ser campeão do mundo o competidor precisa brilhar nas etapas de destaque.

Sem dúvida, quem tiver o maior número de pontos na final mundial é declarado campeão. Portanto, ganhar as etapas que possuem uma maior pontuação e maior premiação ajuda muito. A PBR tem quatro Majors.

É, sobretudo, por onde devem passar os atletas que desejam chegar à PBR World Finals 2020 lutando pelo prêmio de US$ 1 milhão. E o brasileiro João Ricardo Vieira tem uma vantagem por ter vencido o primeiro Major da temporada em Nova York.

Dessa forma, por ser a primeira etapa do ano e acontecer dentro do Madson Square Garden, Nova York abre o calendário dos Majors. Uma das etapas mais importantes da Unleash The Beast.

Restam três e a próxima é Los Angeles, esse final de semana, o Iron Cowboy. Uma das especialidades de João Ricardo Vieira, 35 anos. Depois vem Last Cowboy Standing (Julho) e Nashville (Agosto).

2015 foi a última vez que um bullrider conquistou o título mundial sem vencer um Major da PBR. Jess Lockwood foi campeão em Nova York em 2019 e 2017. Da mesma forma Kaique Pacheco em 2018, campeão do Last Cowboy Standing.

É possível ganhar nos Majors no máximo de 270 pontos, enquanto em uma etapa normal chega a 140 no novo sistema de pontos. E não se pode esquecer os 15/15 Bucking Battles que dá 50 pontos para o campeão.

Fonte e Fotos: PBR