notícias / Esportes

Aos 38 anos, Fabiano Vieira está focado em vaga às finais mundiais

Viola Show 12/02/2020 16h40

Aos 38 anos, Fabiano Vieira está focado em vaga às finais mundiais

O veterano de longa data Fabiano Vieira está mais uma vez classificado entre os Top 35 do ranking mundial da Professional Bull Riders (PBR). No ano passado, ele não esteve nas finais mundiais pela primeira vez desde 2010, depois de ter se classificado por oito temporadas consecutivas.

Inegavelmente, Vieira está agora de volta abençoando o vestiário com sua personalidade jovial, uma música brasileira e suas gargalhadas. Assim, o número 12 no mundo foi um dos 40 que competiram no Iron Cowboy, em Los Angeles.

"Sim, foi difícil. Eu nunca tinha perdido as finais mundiais. Todo ano eu faço as finais. No ano passado, eu não fiz as finais. Doeu para mim ficar em casa e não montar.  Mas precisei me recuperar", disse Fabiano Vieira.

Antes de mais nada vale ressaltar que o brasileiro perdeu a maior parte de 2019 se recuperando de uma cirurgia reconstrutiva do ombro direito. Sobretudo, porque ele se feriu durante a abertura da temporada no ano passado em Nova York, quando  Losing My Religion o empurrou em seu ombro em 7s11.

Na ocasião, Vieira passou três horas em um hospital de Nova York esperando para colocar seu ombro de volta no lugar. Durante essa longa espera, o brasileiro acabou percebendo que teria, definitivamente, de superar o medo de agulhas e cirurgia, se quisesse continuar sua carreira.

"Eu não tenho mais dor e isso está me ajudando a montar melhor. Antes eu havia deslocado meu ombro pelo menos cinco vezes e, por isso, precisava ir ao hospital a qualquer momento. No ano passado, me cansei disso. Era hora de consertar isso", relembra.

Vieira luta contra lesões nos ombros desde 2014

Coincidentemente, Vieira assumiu o ranking número 1 do mundo no fim de semana em que deslocou seu ombro direito pela primeira vez. Isso foi no Rumble in the Rockies em Colorado Springs, em maio de 2014, quando foi eliminado pelo Cowtown Slinger em 7s85.

Ele já tinha um manguito rotador rasgado naquele ano, mas naquele fim de semana foi a primeira vez que o deslocou. Por conta disso, Vieira só voltou à competição em agosto passado e foi 5 a 19 em todos os níveis de competição, antes que uma violação do cronômetro resultasse em uma suspensão de cinco eventos.  

No entanto, tudo isso está no passado agora, e Fabiano Vieira está focado em retornar às finais mundiais da PBR 2020, de 4 a 8 de novembro em Las Vegas. Mesmo com uma baixa de carreira e 219º lugar no ranking mundial de 2019, o atleta de 37 anos disse que a aposentadoria também não passou pela sua cabeça.

Afinal, Vieira acredita que ainda tem mais alguns anos e já falou sobre montar até os 40 anos. "Estou pronto para voltar às finais e acho que vou continuar no ano que vem também. Estou andando bem, ganhando dinheiro e sou saudável, acho que não vou me aposentar. No entanto, se eu estiver no lugar de outro cara e não estiver andando bem, vou me aposentar. Se outros caras puderem andar melhor, então eu não quero tomar o lugar deles", finaliza.

Fonte: Justin Felisko/PBR
Tradução e adaptação: Natalia de Oliveira
Crédito da foto: Divulgação/PBR