notícias / Música

Quem são os brasileiros que amam sertanejo?

Luiz Felipe Rocha 28/07/2020 09h52

Quem são os brasileiros que amam sertanejo?

Paixão nacional! São milhares de fanáticos que sabem na ponta da língua as canções sertanejas - independente do viés das letras. Cantam, vibram, choram, mandam mensagem para ex, lotavam estádios (antes da quarentena) e agora entram numa live uma semana antes de começar para "garantir lugar".

Quando ainda podiam ver de perto seus ídolos, os brasileiros gastavam entre 100 e 2000 reais e participavam de 3 a 50 shows por ano. A informação é do levantamento realizado pela Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado, ainda em janeiro deste ano.

Após o isolamento social decretado, os shows deram lugar às lives, e graças aos sertanejos, as lives brasileiras já se tornaram referência mundial, ultrapassando número de acessos de nomes como Beyoncé e Andrea Bocelli. Gustavo Lima, por exemplo, mobilizou mais de 58,5 milhões de visualizações.

De acordo com a pesquisa, que obteve mais de 3.400 respostas, realizada em Janeiro deste ano, (98% de significância e 1,83% de margem de erro), o público majoritário fiel ao sertanejo são as mulheres com 62% contra 38% do público masculino. A maioria tem entre 25 e 34 anos (37%), em segundo lugar vem os de 35 a 44 anos (23%) e em terceiro, jovens de 18 a 24 anos (21%). Ou seja, a faixa principal de idade que ouve sertanejo - e está lotando as lives - tem de 18 a 44 anos.

Classe média, relacionamentos e sofrência

52% dos fanáticos por sertanejo estão em relacionamento amoroso. 

Destes, 35% são casados e 17% em união estável. Os solteiros representam 40%, 7% divorciados e 1% viúvos. Ou seja, 48% estão na sofrência mesmo.

50% do público sertanejo tem renda entre 3 e 10 mil reais. 33% ganha até 3 mil reais - nada mal ter lives gratuitas na sala de casa toda semana para essa parcela de fãs.

Match com as canções

Do que os brasileiros mais gostam nas músicas? 48,1% gostam das letras. Já a outra metade dos entrevistados, 47,3% preferem a melodia. Enquanto isso, 27,4% dos entrevistados se sentem a própria canção sertaneja - como se descrevessem a vida.

Os queridinhos

O estilo universitário é o grande queridinho dos brasileiros com 60,1% da preferência. Já para 46,9% o sertanejo romântico é o predileto. E ainda há os 32,8% adeptos ao sertanejo raiz (caipira).

Entre duplas e cantores solo, Marília Mendonça lidera o favoritismo com 18%, seguido de Jorge e Mateus 14% e Chitãozinho e Xororó e Gusttavo Lima com 12% da preferência.

O favoritismo somente entre cantores continua com a Marília Mendonça, com 24%, Gusttavo Lima sobe para o segundo lugar na preferência entre cantores com 17% e Luan Santana 11%.

Quando perguntados somente sobre as duplas favoritas, estão nos três primeiros lugares: Jorge e Mateus 16%, Henrique e Juliano 12%, Maiara e Maraisa 12%.

Evidências quebra a internet

Não à toa quando Sandy & Junior foram cantar Evidências a live caiu. Para 21% dos brasileiros, essa é a música sertaneja preferida e mais inspiradora. "É o amor" de Zezé di Camargo e Luciano fica em 5o lugar.

40,55% dos brasileiros escutam sertanejo porque gostam da música e não pelo artista. Então pode-se esperar muito sucesso em todos os shows online do gênero.

Internet como fonte de notícias do sertanejo

O brasileiro do sertanejo já é acostumado a seguir os ídolos na internet. 51,67% acompanha as novidades de seus artistas favoritos pelo facebook, 48,63% pelo instagram e 21,74% pelo Youtube. Não à toa é o maior público de lives do mundo.

Em casa

Mesmo antes da quarentena, em momentos de lazer, o público sertanejo já preferia ficar em casa. 52,77% diz que o que fazem em momento de lazer é isso: ficar em casa. 48,59% gostam de… Ouvir música. A combinação perfeita para explodir os acessos às lives.