notícias / Agronegócio

Com 100% dos espaços comercializados, FENASUCRO & AGROCANA é lançada em Ribeirão Preto

Dani - Viola Show | Fonte: Phábrica de Ideias 30/05/2019 10h18

Com 100% dos espaços comercializados, FENASUCRO & AGROCANA é lançada em Ribeirão Preto

A 27ª edição da FENASUCRO & AGROCANA foi lançada nesta quarta-feira, dia 29, em Ribeirão Preto. (Crédito: Rafael Cautella)

Lançada oficialmente nesta quarta-feira, dia 29, em Ribeirão Preto, a FENASUCRO & AGROCANA - maior evento mundial voltado ao setor de bioenergia - já está com 100% dos seus espaços vendidos.
"Os anos de 2018 e 2019 vêm mostrando que o setor de bioenergia está tendo relevância e inúmeras empresas querem se relacionar e desenvolver produtos para esse setor. Tudo isso fez com que tivéssemos o primeiro sold out da planta atual da feira, que passará por reformulação e será ampliada para atender as negociações em andamento", afirmou o diretor da FENASUCRO & AGROCANA, Paulo Montabone.
Neste contexto otimista, a 27ª edição da feira - que será realizada entre os dias 20 e 23 de agosto, em Sertãozinho/SP - já percebe um considerável aumento dos investimentos em cogeração de energia e na renovação tecnológica das usinas, o que mostra que o setor vive um bom momento e isso já vem se refletindo diretamente nos resultados comerciais da FENASUCRO & AGROCANA 2019.
Além disso, a notícia de que o governo federal irá autorizar o setor de biocombustíveis a expedir debêntures incentivadas e captar recursos, visando impulsionar o Renovabio, reforça o cenário mais positivo para toda a cadeia da cana-de-açúcar, produtora de açúcar, etanol e energia.
"Mais do que ampliação e renovação dos canaviais, e das reformas e aquisições de novos equipamentos para aumento de produtividade e eficiência por parte das usinas, a medida poderá ainda abranger investimentos em infraestrutura e logística", apontou o presidente do CEISE Br, Luis Carlos Jorge.

Novo ciclo
Segundo o Relatório sobre Mercado de Energias Renováveis 2018, da Agência Internacional de Energia (AIE), o Brasil é o país que apresenta a matriz energética menos poluente entre os grandes consumidores globais de energia, sendo a nação com maior participação de fontes renováveis. O estudo aponta ainda que o país deverá somar quase 45% de fontes renováveis no consumo final de energia em 2023, principalmente em função da bioenergia - nos transportes e na indústria e da hidroeletricidade, no setor elétrico. Atualmente, esse percentual corresponde a cerca de 43%.
"A bioenergia está entrando em um novo ciclo e o setor vem se preparando para isso, com responsabilidade e planejamento, o que poderá fazer da FENASUCRO & AGROCANA termômetro principal da tão esperada retomada", reforça Jorge.
O diretor do CIESP de Sertãozinho, Antônio Eduardo Tonielo Filho, frisou que em 2018 o setor gerou 23 mil gigawatt (GW) de energia para o Sistema Interligado Nacional (SIN) e que somente em julho, devido à safra da cana, a biomassa chegou a representar 7,8% da energia da matriz energética brasileira. "Nosso potencial é muito grande e o Renovabio vai trazer investimentos através do CBios [Créditos de Descarbonização], o que impulsionará ainda mais nosso setor", encerrou.

Números
A 27ª edição da FENASUCRO & AGROCANA contará com representantes de 100% das usinas do Brasil e de outros 43 países, além de mais de 1.000 marcas expositoras com apresentação de cerca de 3 mil produtos. Mais de 350 horas de conteúdo estão confirmadas e acontecerão nas Arenas de Conteúdo espalhadas pelo evento.
Em 2019, a expectativa é receber aproximadamente 39 mil visitantes compradores no evento e ter um incremento de 10% no volume de negócios, que deve superar os R$ 4 bilhões da edição anterior.
Realizada pelo CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis) e organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, a FENASUCRO & AGROCANA acontece no Centro Empresarial Zanini, em Sertãozinho.