notícias / Agronegócio

Brasil registra geada pelo 4º dia seguido; feijão, hortaliças e cana são afetados

Canal Rural 28/05/2020 10h41

Brasil registra geada pelo 4º dia seguido; feijão, hortaliças e cana são afetados

A massa de ar polar que atua no Centro-Sul do Brasil favoreceu a formação de geadas na manhã desta quinta-feira, 28. De acordo com a Somar Meteorologia, este é o quarto dia seguido que o fenômeno atingiu partes do país. O destaque de frio ficou para as cidades de Urupema e Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, onde registraram mínimas de -2 ºC e -4 ºC. Já nas áreas agrícolas, lavouras de feijão, hortaliças, de cana-de-açúcar foram afetadas.

No Paraná, o município de São Mateus do Sul registrou -0,2 °C. Lavouras de feijão que já foram castigadas por outras geadas foram danificadas. Em Ponta Grossa, temperaturas de 2,7 °C afetaram o feijão e hortaliças que também já tinha sofrido com as baixas temperaturas dos dias anteriores.

Em São Paulo, a cana foi afetada. Segundo a Somar, os danos foram moderados com Corumbataí (0,6 °C), Itapetininga (1,6 °C), Saltinho (1,7 °C), Tatuí (1,7 °C) e Cosmópolis (1,9 °C). Já em Minas Gerais, apesar das temperaturas baixas, o café não foi danificado. Em Cabo Verde, Guaxupé e São Sebastião do Paraíso, as temperaturas chegaram a 2,8 ºC, 2,6 ºC e 2,9 ºC.

O agrometeorologista Celso Oliveira destaca ainda que o tempo frio chegou também em Goiás, com Jataí registrando 4,8 ºC, e em Mato Grosso do Sul, onde Amambai teve 4,9 ºC.

No Twitter, internautas postaram imagens da geada em Ipiranga (PR), Chapecó (SC) e em São Joaquim (SC).